Apresentação

 

A SAVIR desenvolve atividades em três áreas distintas: pesquisa na área de ciências biológicas e da medicina tropical, onde estão alocadas 70% de suas ações; apoio laboratorial à vigilância epidemiológica na região amazônica e em âmbito nacional, correspondendo a 20% das atividades e, o restante, na prestação de serviços, contribuindo com o atendimento centralizado regular que o IEC oferece a pacientes encaminhados por médicos locais, visando ao diagnóstico de etiologia viral.

 

Presentemente se desenvolvem 45 linhas distintas de pesquisa na Seção, distribuídas em seus 7 laboratórios e o Núcleo de Pesquisa Clínica em Vacinas. Uma das linhas de pesquisa desenvolvidas pela Seção é denominada “Impacto da doença causada por rotavírus”, projeto do Ministério da Saúde (MS), que mantém cinco pólos no país, para a vigilância da doença causada por esses enteropatógenos. Serão avaliadas a morbidade e a mortalidade associadas a esse agravo.

 

Paralelamente se procederá à caracterização das amostras de rotavírus que circulam na comunidade. Outra investigação é voltada para a caracterização molecular das amostras de rotavírus que circulam em nossa região, através do uso de técnicas moleculares avançadas, com ênfase aos vírus configurados como não usuais. Recentemente se iniciou estudo com o objetivo de detectar a viremia por rotavírus em crianças hospitalizadas com diarreia aguda em Belém, Pará, cujo objetivo primário contempla a gravidade da doença como resultado da disseminação sistêmica viral.

 

Outra linha diz respeito à epidemiologia das infecções por astrovírus e calicivírus e a caracterização molecular desses enteropatógenos, considerados importantes causas da gastroenterite, aí se incluindo as ocorrências epidêmicas associadas à transmissão hídrica ou via alimentos. Registre-se que os norovírus vêm assumindo importância como enteropatógenos associados à gastrenterite infantil endêmica no âmbito hospitalar, daí decorrendo estudos epidemiológicos também em curso na Seção.

 
Laboratório de Rotavírus

Laboratório de Gripe

Na qualidade de laboratório de referência em gripe da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde (MS), a SAVIR realiza o diagnóstico laboratorial e monitoramento da circulação dos vírus da Influenza, vírus respiratório sincicial (VRS), Metapneumovírus, Adenovírus, Parainfluenza, Adenovírus e Bocavírus em pacientes de nove capitais brasileiras. Esta pesquisa é voltada primordialmente para a detecção precoce de vírus da influenza com potencial epidêmico, que poderão constituir-se em integrantes de futuras formulações vacinais contra a gripe. Há ainda a pesquisa das infecções pelo parvovírus B19, herpesvírus humano tipos 6 e 7, como causa de doenças exantemáticas e meningites assépticas. Em pacientes infectados pelo HIV, está sendo estudada a ocorrência do herpesvírus humano tipo 8, que se associa à gênese do sarcoma de Kaposi. A SAVIR também é credenciada pelo MS como laboratório Nacional de referência para o diagnóstico das infecções por papilomavírus humanos (HPV). Neste contexto, investigações são realizadas na associação deste agente a processos neoplásicos que ocorrem na população.

 

Cabe destaque aos estudos sobre enterovírus, em particular os poliovírus, no tocante à vigilância das paralisias flácidas agudas e o papel desses agentes como causa de meningites assépticas. O vírus de Epstein-Barr também integra o conjunto das pesquisas em curso na Seção, seja no tocante ao diagnóstico da mononucleose infecciosa, seja como causa em potencial dos linfomas malignos. No que concerne aos retrovírus, destaquem-se os procedimentos de confirmação diagnóstica em relação ao HIV-1, assim como as análises envolvendo o HTLV e os processos neurológicos como a paraparesia tropical espástica; estudos sobre a prevalência do HTLV em comunidades indígenas da Amazônia também assumem destaque nesse contexto. Mais recentemente se iniciaram estudos visando à determinação da transmissão intrafamiliar do HTLV, tendo por base análises moleculares das amostras virais circulantes.

 
Laboratório de Papilovírus

Laboratório de PFAs

A SAVIR mantém um laboratório voltado aos cultivos celulares, particularmente envolvendo linhages semi-contínuas e contínuas, cuja utilização permeia todas as áreas da Seção, com ênfase nos isolamentos de enterovírus, vírus respiratórios e rotavírus. Note-se que, em nível ultraestrutural, esse laboratório desenvolve importantes estudos junto à Unidade de Microscopia Eletrônica do IEC, em particular no tocante à caracterização morfológica de novos agentes virais.

 

A SAVIR detém uma atividade singular, quer no âmbito institucional, quer no País como um todo, qual seja, a de constituir-se em um tradicional polo voltado às pesquisas clínicas com novas vacinas. Com efeito, desde 1988 que a SEÇÃO devota especial empenho aos estudos de campo envolvendo "candidatas" a vacina contra rotavírus, assim como às investigações epidemiológicas nessa área e no contexto das doenças causadas pelo Streptococcus pneumoniae. A rigor, milhares de crianças foram recrutadas na área de Belém e arredores, ao longo das duas últimas décadas, esforço que recentemente culminou com o advento da vacina contra rotavírus incorporada ao calendário vacinal no País. Trata-se, pois, de uma "vocação" institucional a preservar-se de forma sólida, considerando a importância crescente das atividades científicas que demandam as insubstituíveis pesquisas clínicas.

 

Registre-se que a SAVIR detém vários credenciamentos oficiais junto ao Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana de Saúde e Organização Mundial de Saúde, cabendo destacar o que segue: a) Centro Nacional de Gripe da OMS; b) Referência Nacional para Herpesvírus, Papilomavírus e Rotavírus; c) Referência Regional para a Vigilância das Paralisias Flácidas Agudas; e d) Centro Macrorregional para HIV.

 

Todo o contexto de ações acima configurado se desenvolve mercê das múltiplas parcerias com entidades locais, regionais, nacionais e internacionais, ressaltando-se: a) Departamento de Virologia Comparada da FIOCRUZ; b) Sistema Único de Saúde, junto às secretarias municipal e estadual; c) Hospital Universitário João de Barros Barreto; d) Clínicas Pediátricas Santa Terezinha, Infantil de Nazaré, Serzedelo Correa; e) Instituto de Ciências Biomédicas II, Universidade de São Paulo; f) Laboratórios Centrais da região amazônica; g) GlaxoSmithKline do Brasil Ltda.; h) GlaxoSmithKline Biologicals, Rixensart, Bélgica; i) Centers for Disease Control and Prevention, Atlanta, Geórgia, EUA; j) Organização Mundial de Saúde; e k) Organização Pan-Americana de Saúde.

Áreas

 

Credenciado pela OMS como Centro de Referência Nacional de Gripe, a SAVIR tem desenvolvido pesquisas para o esclarecimento diagnóstico em surtos de doença respiratória em todo território nacional. A Seção é credenciada, oficialmente, como centro nacional de referência para rotavírus, herpesvírus e papilomavírus humanos; centro macro-regional em relação à AIDS; comporta, ainda, laboratório de abrangência regional no que concerne à vigilância das paralisias flácidas agudas.

Pesquisadores Servidores:

- Alexandre da Costa Linhares
- Ana Lúcia Monteiro Wanzeller
- Darleise de Souza Oliveira
- Fernando Neto Tavares
- Igor Brasil Costa
- Joana D Arc Pereira Mascarenhas
- Launa da Silva Soares
- Maria Cleonice Aguiar Justino
- Mirleide Cordeiro dos Santos
- Olinda Macedo
- Rodrigo Vellasco Duarte Silvestre
- Talita Antônia Furtado Monteiro
- Wyller Alencar Mello
- Yvone Gabbay Mendes
 
Pesquisadores Contratados da Fadesp:

- Jainara cristina dos santos alves
- Natasha faro de mello
- Renato da silva bandeira
- Sylvia de fátima dos santos guerra

Eventos

 

Contato SAVIR

 
Email: secsemam@iec.pa.gov.br
+55 91 3214-2207

Instituto Evandro Chagas
Envie uma mensagem para nossa equipe de comunicação e ajudaremos como possível. Nosso prazo de atendimento é de até 10 dias úteis.

    Seu nome completo*

    Seu e-mail*

    Telefone

    Estado*

    Município*

    Assunto*

    Sua mensagem