Apresentação

 

A SAPAT é formada pelos laboratórios de Anatomia Patológica e Patologia Clínica tendo como foco principal o desenvolvimento e apoio às pesquisas biomédicas, prestação de serviços à comunidade e a Vigilância em Saúde através da realização de exames Histopatológicos, imuno-histoquímicos, hematológicos, bioquímicos, imunológicos, urinálise e Biologia molecular.

 

São oferecidos estágios curriculares e extracurriculares para estudantes e profissionais de nível superior e médio. Colabora também no desenvolvimento e orientação de trabalhos de graduação e pós-graduação.

Áreas de Atuação

 

A atuação da SAPAT se concentra nas áreas de Anatomia patológica e Análises Clínicas com vários estudos concluídos e alguns em andamento:

 

· Estudo recente intitulado Dislipidemias em crianças e adolescentes do Estado do Pará que caracterizou o perfil lipídico dos jovens paraenses em 2008;

 

· Em colaboração com a Universidade Estadual do Pará e com o Programa de Ensaios Clínicos em Malária do IEC, estuda o perfil imunopatológico de grávidas coinfectadas com malária e outras patologias (HTLV, Sífilis, HIV, etc);

 

· Realiza trabalho colaborativo com a Universidade Estadual do Pará para a caracterização da Síndrome Metabólica em crianças e adolescentes do estado do Pará;

 

· Desenvolveu estudos experimentais em camundongos inoculados com o vírus Morumbi onde foi demonstrada a presença de hepatite aguda quando inoculados por via cerebral, intraperitoneal e subcutânea;

 

· Em colaboração com a Seção de Parasitologia, utilizando cepas PC (Pará) e LILA (Maranhão) de Schistosoma mansoni inoculadas em camundongos demonstrou que as alterações histopatológicas são semelhantes às clássicas descrições relatadas na literatura médica, quando empregando cepas distintas do trematódeo;

 

· Demonstrou em pacientes acompanhados pelo Laboratório de Patologia Clínica, que a trombocitopenia ocorre em mais de 70% dos pacientes portadores de malária por Plasmodium vivax;

 

· Revelou que o uso do esquema terapêutico para tratamento da malária por Plasmodium vivax é incapaz de induzir quadros de granulocitopenia ou agranulocitose;

 

· Realizou a triagem da deficiência da G-6-PD em amostra de Belém-Pará;

 

· Estudou a histopatologia e Imuno-histoquímica da distribuição dos antígenos de grupos sanguíneos em diferentes tecidos de primatas não humanos;

 

· Estudou em parceria com a Universidade Federal do Pará as condições de vida e do desenvolvimento infantil de duas comunidades ribeirinhas da ilha de Itanduba e Ilha do Pacuí – Cametá-Pará, entre outros.

Laboratório de Anatomia Patológica

 

A anatomia Patológica caracteriza-se por ser laboratório de referência para o Ministério da Saúde no diagnóstico de Síndrome Febris-Hemorrágicas, especialmente, dengue e febre amarela. Seus laboratórios ainda pesquisam a imunofisiopatogênese de diversas doenças infecciosas e parasitárias de interesse para a saúde pública.

 

CIT

Figura 1. SAPAT – Laboratório de Hematologia

CTLAB

 

O CTLAB é um curso pós-médio que funciona em sistema modular cujo conteúdo programático abrange as áreas de biossegurança, hematologia, parasitologia, bacteriologia, micologia, bioquímica, urinálise e virologia, sempre com muita ênfase para as doenças regionais.

 

Funciona em horário integral, totalizando 1.200 horas de aulas teóricas e práticas, além de um estágio supervisionado de 120 horas.

 

CIT

Figura 1. Curso Técnico de laboratório

Contato SEAP

 
Manoel Gomes da Silva Filho
Chefe da Seção de Patologia

Email:manoelgomes@iec.pa.gov.br
+55 91 3214-2140

Instituto Evandro Chagas
Envie uma mensagem para nossa equipe de comunicação e ajudaremos como possível. Nosso prazo de atendimento é de até 10 dias úteis.

    Seu nome completo*

    Seu e-mail*

    Telefone

    Estado*

    Município*

    Assunto*

    Sua mensagem