nome baner

DESTAQUE

EDITAL Nº01/2018 - PIBIC/IEC/CNPQ 2018/2019

O Instituto Evandro Chagas torna público o Edital para seleção de Projetos/Planos de Trabalho no âmbito do Programa de Iniciação Científica do Instituto Evandro Chagas PIBIC/IEC/CNPq, de acordo com a disponibilidade de quotas institucionais fornecidas pelas Fontes de Fomento, vigência 2018/2019.

 

Prazo de Submissão:
16/05/2018 à 04/06/2018 até 16h
E-mail para envio das propostas:

submissaopibic2018@gmail.com
 

INSCRIÇÃO PARA BOLSISTA

Requisitos básicos:
1. Estar regularmente matriculado em curso de graduação de ensino superior.
2. Ter Curriculum Lattes cadastrado e atualizado na base de dados do CNPq (Plataforma Lattes).
3. Não ter vínculo empregatício e nem receber bolsa ou qualquer remuneração de outra entidade.

ATIVIDADES

- Proporcionar ao bolsista, orientado por pesquisador qualificado, a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisa, bem como estimular o desenvolvimento do pensar cientificamente e da criatividade, decorrentes das condições criadas pelo confronto direto com os problemas de pesquisa;
- Realizar anualmente uma reunião, na forma de seminário ou congresso, onde os bolsistas deverão apresentar sua produção científica, sob a forma de pôsteres, resumos e/ou apresentações orais;
- Avaliar através do Comitê Interno e Externo Institucional do PIBIC, o desempenho do bolsista com base nos produtos apresentados na reunião anual e por critérios da própria instituição;
- Publicar os resumos e os trabalhos dos bolsistas que serão apresentados durante o processo de avaliação;
- Prestar auxílio às áreas técnicas;
- Fornecer resultados dos projetos que estão sendo executados pelos bolsistas à direção do IEC.

DIRETRIZES

De acordo com a Resolução Normativa do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC/CNPq (RN-017/2006) e com as decisões tomadas pelo Comitê Interno do PIBIC/IEC ainda no ano de 2006, ficam estabelecidas as seguintes diretrizes do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica do Instituto Evandro Chagas:

1 CONCEITUAÇÃO

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) é um programa voltado para a iniciação à pesquisa de alunos de graduação universitária.

2 OBJETIVOS GERAIS

2.1 Contribuir para a formação de recursos humanos para a pesquisa.
2.2 Contribuir para reduzir o tempo médio de permanência dos alunos na pós-graduação.

3 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

3.1 Em relação às instituições:
- Incentivar as instituições à formulação de uma política de iniciação científica.
- Possibilitar maior interação entre a graduação e a pós-graduação.
- Qualificar alunos para os programas de pós-graduação.
3.2 - Em relação aos orientadores:
- Estimular pesquisadores produtivos a envolverem estudantes de graduação nas atividades científica e tecnológica.
3.3 Em relação aos bolsistas:
- Proporcionar ao bolsista, orientado por pesquisador qualificado, a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisa.
- Estimular o desenvolvimento do pensar científico e da criatividade, decorrentes das condições criadas pelo confronto direto com os problemas de pesquisa.

4 CONCESSÃO DAS BOLSAS

4.1 - As bolsas destinam-se a pesquisadores que pertençam ao quadro efetivo ou estejam regularmente vinculados ao IEC/SVS/MS.
4.2 - As bolsas serão concedidas a pesquisadores que possuam o título de doutor ou mestre, com produção científica compatível.
4.3 – A prioridade para a concessão das bolsas será para pesquisadores que já tenham orientado bolsistas no programa e que tenham alcançado o objetivo do mesmo, ou seja, ter conseguido qualificar e/ou encaminhar os mesmos a cursos de pós-graduação.
4.4 - O orientador poderá, em função de sua competência e titulação, receber mais de uma bolsa. Contudo, o número de bolsas a ser concedido a cada orientador será decidido pelos Comitês Interno e Externo do PIBIC-IEC.

5 COMPROMISSOS DA INSTITUIÇÃO

5.1 Permitir a participação de alunos de outras instituições no Programa e de professores aposentados como orientadores.
5.2 Nomear um Coordenador Institucional de Iniciação Científica.
5.3 Nomear um Comitê Institucional constituído, em sua maioria, de pesquisadores com titulação de doutor ou mestre, preferencialmente com bolsa de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Este comitê responsabilizar-se-á, junto à instituição e ao CNPq, pelo gerenciamento do Programa, fazendo cumprir a presente Resolução Normativa.
5.4 Disponibilizar a relação dos pesquisadores que compõem o Comitê Institucional na homepage da instituição.
5.5 Convidar, anualmente, um Comitê Externo constituído de pesquisadores com bolsa de Produtividade em Pesquisa, categoria I do CNPq, com o objetivo de avaliar o desempenho do Programa na instituição, bem como dos bolsistas durante o seminário.
5.6 Escolher os membros do Comitê Externo.
5.7 Proceder, para o processo de seleção, ampla divulgação das normas do Programa por meio de Edital, onde deverão constar: o período de inscrições, os critérios para seleção dos orientadores, os procedimentos para pedidos de reconsiderações, entre outras regulamentações.
5.8 Em relação aos estudantes candidatos a bolsa, a instituição se compromete no sentido de que não haverá restrições quanto:
a) A idade.
b) Ao fato de um aluno de graduação já ser graduado em outro curso.
c) Ao número de renovações para o mesmo bolsista (estas renovações ficam sujeitas a avaliação do orientador, bem como dos Comitês Interno e Externo do PIBIC-IEC).
d) Semestre/ano de ingresso do aluno na instituição.
e) Escolha do bolsista pelo orientador, desde que o aluno indicado atenda ao perfil e ao desempenho acadêmico compatíveis com as atividades previstas.
f) Raça, gênero, ideologia ou convicção religiosa.
5.9 Para implementação dos bolsistas em folha de pagamento, a instituição deverá enviar ao CNPq o formulário eletrônico com as informações referentes aos bolsistas, orientadores e projetos.
5.10 Cada instituição poderá definir, para efeito interno, critérios de acompanhamento e avaliação do programa.
5.11 Para a avaliação do Programa, a instituição deverá:
a) Realizar uma reunião anualmente, na forma de seminário ou congresso, onde os bolsistas deverão apresentar sua produção científica sob a forma de pôsteres, resumos e/ou apresentações orais. O desempenho do bolsista deverá ser avaliado pelo Comitê Institucional do PIBIC-IEC com base nos produtos apresentados nesta reunião e por critérios da própria instituição.
b) Publicar os resumos dos trabalhos dos bolsistas que serão apresentados durante o processo de avaliação em livro de resumos digital, que ficará disponível na homepage da instituição.
c) Convidar o Comitê Externo para atuar na avaliação do Programa durante o seminário.
d) Comunicar ao CNPq, com antecedência, a data de realização do seminário de Iniciação Científica, bem como os nomes dos componentes do Comitê Externo.

6 REQUISITOS, COMPROMISSOS E DIREITOS DO ORIENTADOR:

6.1 Os pesquisadores de reconhecida competência científica deverão ter precedência em relação aos demais quanto ao recebimento de bolsas. Bolsistas de produtividade do CNPq, por definição, têm reconhecida competência científica.
6.2 Cabe ao orientador escolher e indicar para bolsista, o aluno com perfil e desempenho acadêmico compatíveis com as atividades previstas.
6.3 O orientador poderá indicar aluno que pertença a qualquer curso de graduação público ou privado do país, não necessariamente da instituição que distribui a bolsa.
6.4 O orientador poderá, a seu critério, solicitar a exclusão de um bolsista, podendo indicar novo aluno para a vaga, desde que satisfeitos os prazos operacionais adotados pela instituição.
6.5 O pesquisador deverá incluir o nome do bolsista nas publicações e nos trabalhos apresentados em congressos e seminários, cujos resultados tiveram a participação efetiva do bolsista.
6.6 É vedado ao orientador repassar a outro a orientação de seu(s) bolsista(s). Em casos de impedimento eventual do orientador, a(s) bolsa(s) retorna(m) à coordenação de iniciação científica da instituição.
6.7 É vedada a divisão da mensalidade de uma bolsa entre dois ou mais alunos.

7 REQUISITOS E COMPROMISSOS DO BOLSISTA

7.1 - Estar regularmente matriculado em curso de graduação público ou privado do país.
7.2 Não ter vínculo empregatício e dedicar-se integralmente às atividades acadêmicas e de pesquisa.
7.3 Estar devidamente inscrito na modalidade de aluno no sistema online do PIBIC/IEC e ser selecionado e indicado pelo orientador.
7.4 Apresentar no seminário anual sua produção científica, sob a forma de pôsteres, resumos e/ou painéis.
7.5 Nas publicações e trabalhos apresentados, fazer referência a sua condição de bolsista do Programa PIBIC-IEC/CNPq.
7.6 Estar recebendo apenas esta modalidade de bolsa, sendo vedada a acumulação desta com a de outros programas do CNPQ.
7.7 Devolver ao CNPq, em valores atualizados, a(s) mensalidade(s) recebida(s) indevidamente, caso os requisitos e compromissos estabelecidos acima não sejam cumpridos.

8 DURAÇÃO

8.1 Da cota institucional
Será de 12 (doze) meses, podendo ser renovada anualmente, mediante resultados da avaliação institucional.
8.2 Da bolsa
Será por um período de 12 (doze) meses, admitindo-se renovações, a critério do orientador e dos Comitês Interno e Externo do PIBIC-IEC/CNPq.

9 CANCELAMENTO E SUBSTITUIÇÃO DE BOLSISTAS

9.1 O cancelamento e a substituição de bolsistas deverão ser comunicados por escrito à Coordenação do PIBIC-IEC, para que a mesma solicite este procedimento ao CNPq por meio de formulário eletrônico, de acordo com os prazos operacionais do CNPq.
9.2 Os bolsistas excluídos não poderão retornar ao sistema na mesma vigência.

10 BENEFÍCIO

O valor da mensalidade será estipulado anualmente pela Diretoria Executiva do CNPq

11 DISPOSIÇÕES FINAIS

11.1 Os Orientadores e seus respectivos bolsistas devem cumprir as diretrizes estabelecidas pelo Programa, já que o CNPq poderá cancelar ou suspender a cota de bolsas, a qualquer momento em caso de não cumprimento dessas diretrizes.
11.2 O pagamento das bolsas será efetuado diretamente aos bolsistas, mediante depósito mensal em conta bancária do bolsista no Banco do Brasil.
11.3 A nova resolução normativa do CNPq para o PIBIC está à disposição no site do CNPq: http://www.cnpq.br.
11.4 Os casos omissos serão resolvidos pelo Comitê Interno do PIBIC/IEC.

Belém, Pará, 23 de dezembro de 2011.
Dra. Elisabeth Conceição de Oliveira Santos
Diretora do IEC/SVS/MS
Dra. Giselle Maria Rachid Viana
Coordenadora Institucional do PIBIC-IEC

Ana Roberta Fusco da Costa
Coordenadora do PIBIC

Rodrigo Vellasco Duarte Silvestre
Vice-coordenador

Geisa Ferreira da Silva Dias
Secretaria do PIBIC

Nomeados pela Portaria IEC de 27 de junho de 2017 publicada no Boletim de Serviço Ano 32, nº 28, de 10 de julho de 2017.

1. Aline Amaral Imbeloni (Centro de Inovações Tecnológicas)
2. Ana Cecília Ribeiro Cruz (Arbovirologia)
3. Ana Maria Revorêdo da Silva Ventura (Parasitologia)
4. Ana Paula Drummond Rodrigues (Microscopia Eletrônica/Hepatologia)
5. Ana Roberta Fusco da Costa (Bacteriologia)
6. Ana Yecê Neves Pinto (Atendimento Médico Unificado)
7. Arnaldo Jorge Martins Filho (Patologia)
8. Cintya Oliveira Souza (Bacteriologia)
9. Daniela Cristiane da Cruz Rocha (Bacteriologia)
10. Fernanda do Espírito Santo Sagica (Meio Ambiente)
11. Giselle Maria Rachid Viana (Parasitologia)
12. Heloisa Marceliano Nunes (Hepatologia)
13. Igor Brasil Costa (Virologia)
14. João Lídio da Silva Gonçalves Vianez Junior (Centro de Inovações Tecnológicas)
15. José Antônio Picanço Diniz Júnior (Microscopia Eletrônica/Hepatologia)
16. Karla Valéria Batista Lima (Bacteriologia)
17. Lena Lilian Canto de Sá Moraes (Meio Ambiente)
18. Manoel do Carmo Pereira Soares (Hepatologia)
19. Marcelo Oliveira Lima (Meio Ambiente)
20. Mônica Cristina de Moraes Silva (Parasitologia)
21.Ricardo José de Paula Souza e Guimarães (Laboratorio de Geoprocessamento)
22. Rodrigo Vellasco Duarte Silvestre (Virologia)
23. Silvia Helena Marques da Silva (Bacteriologia)
24. Yvone Gabbay Mendes (Virologia)

1. Adriano Penha Furtado (UFPA)
2. Andrea Luciana Soares da Silva (UFPA)
3. Nelson Antonio Bailão Ribeiro (UEPA)
4. Cléa Nazaré Carneiro Bichara (UFPA)
5. Davi do Socorro Barros Brasil (UFPA)
6. Francisco Acácio Alves (UFPA)
7. Francisco Tiago Melo de Vasconcelos (UFPA)
8. Jeannie Nascimento dos Santos (UFPA)
9. Jerônimo Lameira (UFPA)
10. José Eduardo Gomes Arruda (ESAMAZ)
11. José Eduardo Martinelli (UFPA)
12. José Ricardo dos Santos Vieira (UFPA)
13. Juliana Feitosa Felizzola (EMBRAPA)
14. Leonardo dos Santos Sena (UFPA)
15. Maria Helena Maia (UFPA)
16. Maria Iracilda da Cunha Sampaio (UFPA)
17. Nathalia Santos Serrão de Castro (FAMAZ)
18. Neyson Martins Mendonça (UFPA)

http://lattes.cnpq.br/
http://carloschagas.cnpq.br/
http://cnpq.br/
http://conselho.saude.gov.br/web_comissoes/conep/index.html
http://www.iec.gov.br/portal/comissao-de-etica-no-uso-de-animais/
http://www.iec.gov.br/portal/comite-de-etica-em-pesquisa/

Email: pibic@iec.pa.gv.br
Telefone: (091) 3214-2236
Endereço: Rodovia BR-316 km 7 S/N - Levilândia – Ananindeua- Pará – Prédio da Administração

image_pdfPDFimage_printPRINT
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page
Instituto Evandro Chagas
Envie uma mensagem para nossa equipe de comunicação e ajudaremos como possível. Nosso prazo de atendimento é de até 10 dias úteis.

Seu nome completo*

Seu e-mail*

Telefone

Estado*

Município*

Assunto*

Sua mensagem